• Descrição
  • Beneficios
  • Indicações
  • Na Pratica
  • FAQs
  • Evidencias
  Download das informações do produto

Cobertura absorvente hidro-desbridante

Desbridamento de esfacelo e controle do exsudato

  • Promove o desbridamento seletivo do esfacelo
  • Promove a reparação tecidual
  • Absorção vertical e proteção de bordas
  • Remoção atraumática e sem dor
  • Possui propriedades hemostáticas

 

Composição

UrgoClean é uma cobertura micro aderente, absorvente, hidro-desbridante composta por:

  • Fibras hidro-desbridantes de poliacrilato de amônia com núcleo acrílico.
  • Matriz Cicatrizante TLC composta por uma camada de carboxometilcelulose com partículas lipofílicas dispersas.

 

urgoclean-composition-2

 

Fibras Hidro-desbridantes

UrgoClean é feito de fibras hidro-desbridantes compostas por poliacrilato de amônia com um núcleo acrílico.

Desbridamento do esfacelo

Fibras hidro-desbridantes altamente eficazes capturam o esfacelo dentro da trama da cobertura. Esses esfacelos e exsudato serão então absorvidos e retidos pela estrutura da cobertura auxiliando na sua remoção, e preparando a lesão para reparação tecidual.

Gelling and binding of the sloughy residue
A gelificação e a ligação de resíduos do esfacelo as fibras hidro-desbridantes

Trapping of slough

Absorção

As fibras de poliacrilato do UrgoClean são altamente absorventes, elas gelificam em contato com o exsudato para uma absorção vertical efetiva, sem difusão lateral do exsudato. UrgoClean tem a capacidade média de absorção de até 1700g de exsudato por m². Uma absorção equivalente à das coberturas de hidrofibras ou de alginato.

Gelling and binding of the sloughy residue
Absorção do exsudato

Gel blocking

Outras propriedades

UrgoClean desmontou capturar bactérias¹ e possuir propriedades hemostáticas².

1 estudos in vitro, dados arquivados da Urgo.
2 estudos in vitro, dados arquivados da Urgo.

Com o UrgoClean as lesões são preparadas com segurança para uma melhor reparação tecidual.

Modo de ação

Em contato com o exsudato, as fibras hidro-desbridantes do UrgoClean gelificam, incham e se ligam ao esfacelo, o absorvendo e o drenando para auxiliar a eliminação do mesmo. (Desbridamento autolítico). A criação deste gel mantém um ambiente úmido em contato com a lesão que promove a reparação tecidual nas áreas desbridadas, enquanto as fibras absorvem o exsudato e previnem a difusão lateral.

Além disso, graças a Matriz Cicatrizante TLC, nas áreas desbridadas também há, proliferação de fibroblastos.

Modo de ação

Testemunhal de paciente


Este site é um site internacional. Portanto, alguns produtos ou tamanhos pode não estar disponível em alguns países. Para maiores informações, por favor, entre em contato conosco.

Benefícios para a ferida

  • Propriedades de desbridamento 

Absorção controlada

  • Absorção vertical e retenção do exsudato: proteção da pele perilesão

Absorção Controlada

  • Proteção da pele perilesão
  • Remoção em peça única: sem necessidade de recuperar fragmentos da cobertura na lesão

Remoção em peça única

  • Captação de bactérias (bacteriostático)
  • Proporciona meio úmido para cicatrização
  • Não adere a lesão: atraumático para os neo-tecidos
  • Estimula a proliferação de fibroblastos
  • Proteção e melhoria da pele perilesão
  • Alta conformidade ao leito da lesão devido a micro aderência
  • Propriedades hemostáticas
  • Permanece na lesão por até 7 dias – menor número de trocas, otimizando o processo de reparação tecidual

benefits-for-professionnalBenefício para os profissionais de saúde

  • Desbridamento seguro do esfacelo
  • Otimização do tratamento (facilita o desbridamento mecânico)
  • Controle do Exsudato

Gel blocking

  • Remoção em peça única: sem necessidade de recuperar fragmentos da cobertura na lesão

Remoção em peça única

  • Fácil de aplicar
    • Fica no lugar quando aplicado
    • Pode ser reposicionado facilmente sem perder a micro aderência
  • Fácil de remover e trocas sem dor
  • Pode ser utilizado sob terapia compressiva multicamadas
  • Pode permanecer na lesão por até 7 dias – menos trocas de curativos
  • Clinicamente aprovado

benefits-for-patientBenefícios para os pacientes

  • Trocas de curativos sem dor devido a não aderência a lesão
  • Boa tolerância
  • Muito confortável e boa corformabilidade
  • Remoção em peça única: sem necessidade de recuperar fragmentos da cobertura na lesão

Remoção em peça única

  • Pode permanecer na lesão por até 7 dias – menos trocas de curativos

UrgoClean é indicado para lesões exsudativas com presença de tecidos inviáveis não infectados, que necessitem de desbridamento para a preparação do leito da lesão, como por exemplo: úlcera venosa, pé diabético, úlcera por pressão, trauma, pós-operatório, etc.

Contraindicações

Mercúrio orgânico (Mercryl Lauryl®, Dermachrome®, Merfene®) ou hexamidina (Hexomédine®) e peróxido de hidrogénio (água oxigenada).

Instruções de uso

  • Limpe a lesão de acordo com o protocolo da Instituição e enxague com soro fisiológico.
  • O uso do UrgoClean não dispensa a necessidade de associação com desbridamento instrumental quando necessário.
  • O UrgoClean pode ser recortado com uma tesoura estéril para adaptar a cobertura ao tamanho da lesão se necessário.
  • Utilizando as abas, remova a película protetora do UrgoClean.
  • Aplique o lado micro aderente do UrgoClean virado para a lesão.
  • Quando necessário, cubra o UrgoClean com uma cobertura secundária adequada a localização e nível de exsudato da lesão.
  • Fixe o curativo no local com uma bandagem e esparadrapo ou de acordo com o protocolo da instituição. Aplique uma bandagem de compressão quando for prescrito.
  • O UrgoClean deve ser trocado a cada 1 a 2 dias durante a fase aguda do desbridamento, depois as trocas devem ser feitas quando necessário (até 7 dias) dependendo do nível de exsudato e a condição clínica da lesão.

Aplicação UrgoClean

Precauções de uso

  • O UrgoClean adere a luvas cirúrgica (látex), recomenda-se o usar as abas protetoras para auxiliar na aplicação.
  • Devido à natureza não oclusiva do curativo, o UrgoClean pode ser usado em lesões colonizadas sob supervisão médica.
  • Durante o processo de desbridamento, a lesão pode aparentar aumentar de tamanho, devido a eliminação dos tecidos necróticos.
  • Não associe o UrgoClean com peroxide de hidrogênio, mercúrio orgânico ou antissépticos de hexamidina.
  • Descartar partes não utilizadas da cobertura.
  • Checar se o protetor de esterilidade está intacto antes do uso.
  • Cobertura de uso único, individual e estéril: reutilizar um produto de uso único pode levar a riscos de infecção.
  • Não re-esterelizar a cobertura.

urgocleanTamanhos disponíveis

  • 10×10 cm;
  • 15×15 cm.

 

 


Este site é um site internacional. Portanto, alguns produtos ou tamanhos pode não estar disponível em alguns países. Para maiores informações, por favor, entre em contato conosco.

Product

O que é UrgoClean?

UrgoClean é uma nova geração de fibras hidro-desbridantes com alta capacidade de desbridamento e absorção com uma camada micro aderente da Matriz Cicatrizante TLC(Tecnologia Lipido-colóide) .

Como o UrgoClean funciona?

Quando em contato com o exsudato, as fibras hidro-desbridantes de poliacrilato gelificam, incham e se conectam com o tecido necrótico úmido, o absorvendo e drenando para auxiliar na sua eliminação (desbridamento autolítico). A criação deste gel mantém um ambiente úmido em contato com a lesão, o que promove a cicatrização das áreas desbridadas e também previne contra difusão lateral através da absorção vertical. A Matriz Cicatrizante TLC também promove proliferação dos fibroblastos nas áreas desbridadas.

Qual a capacidade de absorção do UrgoClean em comparação a outras coberturas?

UrgoClean absorve 1700 g/m², similar às coberturas de hidrofibra.

Por que o UrgoClean é eficiente no desbridamento de feridas?

As fibras hidro-desbridantes do UrgoClean oferecem alta capacidade de absorção e habilidade de capturar esfacelos.

Como você explica a remoção em peça única?

As fibras hidro-desbridantes do UrgoClean possuem um núcleo acrílico ultra resistente, garantindo a integridade na remoção, mesmo depois de gelificar em contato com a lesão.

Qual a diferença entre fibras hidro-desbridantes e hidrofibras?

Hidrofibras são fibras de hidrocoloide que gelificam e mantém o meio úmido e absorvem exsudato. Fibras hidro-desbridantes oferecem função similar, mas permitem a remoção em peça única (força das fibras) e também promovem o desbridamento (remoção de esfacelo, propriedade hemostática).

Qual o papel da micro-aderência?

A micro aderência do UrgoClean o torna mais conformável e flexível, garantindo o contato com o leito da lesão para promover a cicatrização e manter o UrgoClean na posição quando aplicado, auxiliando as trocas de curativo.

Indicações

Quando devo utilizar o UrgoClean?

UrgoClean é indicado para lesões exsudativas com tecidos desvitalizados (úlceras de perna, leões por pressão, úlceras de pé diabético, queimaduras, dermoabrasões, lesões traumáticas, lesões pós-operatórias, lesões oncológicas…)

Posso utilizar o UrgoClean na fase de granulação?

Sim.
No entanto, se a lesão for crônica, UrgoStart (Em breve no Brasil) é o tratamento perfeito após o uso do UrgoClean para acelerar o processo de cicatrização.

Posso usar o UrgoClean em lesões secas?

No caso de necroses pretas (escaras), a lesão deve ser desbridada antes de usar o UrgoClean. Se a lesão estiver seca, deve ser umedecida com soro fisiológico antes de aplicar o UrgoClean.

Posso usar o UrgoClean em lesões infectadas?

Devido à natureza não oclusiva da cobertura, o UrgoClean pode ser usado em lesões colonizadas sob supervisão médica. No entanto, no caso de lesão infectada, uma cobertura antibacteriana deve ser utilizada.

UrgoClean captura a bactéria, isso significa que ele é bactericida?

Não. O UrgoClean não possui prata e não é uma cobertura antibacteriana, mas devido a sua forte absorção, o UrgoClean é apto a capturar bactérias de lesões colonizadas. No entanto, no caso de lesão infectada não recomendamos o uso do UrgoClean e sim uma cobertura antibacteriana como UrgoTul Ag e UrgoTul s.Ag.

Posso usar o UrgoClean com um gel?

Sim, ele pode ser combinado com um hidrogel.

Quais são as contraindicações do UrgoClean?

Mercúrio orgânico (Mercryl Lauryl®, Dermachrome®, Merfene®) ou hexamidina (Hexomédine®) e peróxido de hidrogénio (água oxigenada).

Uso

UrgoClean pode aderir as luvas de látex. Como posso evitar que isso ocorra?

É recomendado usar as abas protetoras para facilitar a aplicação.

Qual lado do UrgoClean devo aplicar na lesão?

Aplique o lado micro aderente na lesão.

Posso cortar o UrgoClean?

Sim. Lembrando que UrgoClean uma cobertura de uso único, individual e estéril: reutilizar um produto de uso único pode levar a riscos de infecção.

Como posso fixar UrgoClean?

UrgoClean pode ser coberto por uma cobertura secundaria adequada ao local e nível de exsudação da lesão. Fixe o curativo com uma bandagem adequada e fita adesiva própria ou aplique a bandagem compressiva quando prescrito ou de acordo com o protocolo da instituição..

Posso usar UrgoClean sob compressão?

Sim. O UrgoClean tem alta capacidade de reter o exsudato mesmo sob compressão.

Quando devo trocar o UrgoClean?

UrgoClean deve ser trocado a cada 1 a 2 dias durante a fase aguda do desbridamento, depois as trocas devem ser feitas quando necessário (até 7 dias) dependendo do nível de exsudato e a condição clínica da lesão.

Por que a lesão pode aumentar após o tratamento com o UrgoClean?

A lesão pode parecer maior após o tratamento com o UrgoClean devido ao processo de desbridamento e remoção de tecidos desvitalizados da lesão.

Urgo_Review_resize_A4_web earth-study-march-2014  
Evidência baseada na prática: uma revisão clínica da tecnologia Matriz Cicatrizante TLC. Avaliação de 2 curativos de fibras no tratamento de úlceras de perna: Resultados de um ensaio controlado randomizado europeu (ECR Earth).  
Download Download  

 

Tratamento de feridas crônicas com um inovador curativo absorvente.

Meaume S. et al, journal of wound care vol 21 , no 7 , July 2012

  • Objetivo: Avaliar a eficácia e a tolerância de um inovador curativo absorvente (UrgoClean, Laboratoires Urgo) no tratamento local de úlceras de perna venosas e lesões por pressão, durante o estágio de desbridamento no processo de cicatrização.
  • Método: Ensaio clínico piloto, prospectivo, não controlado e aberto, realizado em 21 centros de pesquisa. Foram incluídos no estudo pacientes adultos, com úlcera de perna venosa (UV) ou lesão por pressão estágio III / IV (LPP) com mais de 50% da superfície coberta por esfacelo, duração inferior a 24 meses e ausência de sinais clínicos de infecção. Os pacientes foram acompanhados por um período de 6 semanas com visitas semanais, que incluíram exame físico, medida da área da lesão e fotografias feitas pelo médico pesquisador. As avaliações da equipe de enfermagem e dos pacientes foram feitas em cada troca de curativo.
  • Resultados: Foram recrutados 50 pacientes com UV (n = 35) ou LPP (n = 15). Na linha de base, a área média da superfície da lesão era de 11.9 ± 11.3 cm2 e 12.5 ± 10.7 cm2, com duração média de 8.3 ± 6.4 meses e 2.9 ± 3.0 meses nos grupos UV e LPP, respectivamente. As feridas em ambos os grupos foram cobertas com mais de 70% de esfacelo e a pele peri-lesional foi considerada saudável em 19 pacientes. Após 6 semanas, a redução média da área da lesão nos grupos UV e LPP foi de 23,7% e 29,2%, respectivamente, com cicatrização completa em 6 pacientes. Todas as feridas tratadas foram consideradas desbridadas na semana 3 (<40% de esfacelo para todas as feridas) e a média de diminuição relativa do esfacelo, na semana 6, nos grupos UV e LPP foi de 75% e 89%, respectivamente. A aceitação do curativo foi documentada como sendo muito boa tanto para pacientes quanto para o pessoal de enfermagem, particularmente a conformabilidade e facilidade de uso, sem deixar resíduos no leito da lesão na remoção e o curativo também permaneceu integro, em peça única. Sete eventos adversos locais foram considerados potencialmente relacionados com o curativo experimental.
  • Conclusão: Os resultados sugerem que o curativo promoveu o processo de cicatrização de feridas crônicas, mostrando ser uma alternativa terapêutica confiável para a fase de desbridamento do processo de cicatrização de feridas. Demonstrou também boa tolerância e aceitabilidade.
Última atualização : 17/11/2018