• Descrição
  • Beneficios
  • Indicações
  • Na Pratica
  • FAQs
  • Evidencias
  Download das informações do produto

Camada de contato lipido-colóide impregnada com sais de prata

Potente contra a infecção, poderoso na cicatrização:

  • Combate amplo espectro de bactérias/biofilme, fungos e leveduras
  • Promove a cicatrização
  • Remoção atraumática e sem dor

 

O maior benefício da Matriz Cicatrizante TLC (tecnologia lipido-colóide) é a não aderência da cobertura que permite a remoção atraumática para o neo tecido e a sem dor para o paciente. 

Composição

UrgoTul Ag é uma camada de contato antimicrobiano, flexível que possui TLC-Ag, composto por:

  • Uma malha de poliéster, estéril, não aderente, não oclusivo, impregnado com a Matriz Cicatrizante TLC-Ag (Tecnologia Lipido-Colóide e Sais de Prata.

 

urgotul-ag-silver-description-2

Modo de ação

Quando em contato com a o exsudato da lesão, a Matriz Cicatrizante TLC-Ag forma um gel lipido-colóide que mantém o a umidade necessária para promover a cicatrização. Esse gel também garante a não aderência e a remoção do curativo sem dor. Em contato com o exsudato da lesão a partícula do sal se quebra, e o UrgoTul Ag funciona como um reservatório fazendo liberação constante de concentrações bactericidas de íons de prata enquanto em contato com a lesão.

 

schema-ag


Este site é um site internacional. Portanto, alguns produtos ou tamanhos pode não estar disponível em alguns países. Para maiores informações, por favor, entre em contato conosco.

Benefícios para lesão

  • Eficácia antibacteriana em amplo espectro, incluindo MRSA:

urgotul-ag-silver-benefits-2

  • Remoção de 99.9% do biofilme em 1 dia (Pseudomonas aeruginosa, Staphylococcus aureus)
  • Meio úmido para cicatrização
  • Não adere a lesão (não causa danos ao tecido neoformado)
  •  Protege a pele perilesão

benefits-for-professionnalBenefícios para os profissionais de saúde

  • Fácil de aplicar
  • Fácil de remover com trocas sem dor
  • Pode ser utilizado em lesões cavitárias
  • Pode ser usado sob terapia compressiva
  • Clinicamente provado através de um Ensaio Controlado Randomizado

benefits-for-patientBenefícios para o paciente

  • Não adere a lesão: trocas de curativo sem dor
  • Boa tolerância
  • Muito conformável, se ajusta a vários formatos de lesões

UrgoTul Ag é indicado para o tratamento de lesões com risco ou sinais de Infecção local:  lesões crônicas (úlceras de perna, lesões por pressão) e lesões agudas (lesões cirúrgicas, lesões traumáticas, dermoabrasões, queimaduras parciais), etc.

Contraindicações

Não utilize quando houver uma sensibilidade conhecida a prata.
Não use em pacientes submetidos a exames de Ressonância Magnética.

Instruções de uso

  • Limpe a lesão de acordo com o protocolo da instituição e enxague com soro fisiológico.
  • Se antes for utilizado um antisséptico, enxágue a lesão com soro fisiológico antes de aplicar o UrgoTul Ag.
  • Seque a pele perilesão cuidadosamente.
  • UrgoTul Ag pode ser recortado com tesoura estéril para que ajustar a cobertura ao tamanho da lesão se necessário.
  • Utilizando as abas, remova o filme protetor.
  • Aplique o UrgoTul Ag na lesão.
  • Cubra o UrgoTul com uma cobertura secundária adequada para o local e nível de exsudato da lesão.
  • Fixe o curativo com uma bandagem adequada, fita adesiva ou bandagem tubular. Ou de acordo com o protocolo da instituição. Aplique a bandagem de compressão quando prescrita.
  • UrgoTul Ag deve ser trocado a cada 1 a 3 dias (podendo ficar por até 7 dias*) dependendo do nível de exsudato e condição clínica da lesão.

Precauções de uso

  • Como o UrgoTul Ag pode aderir a luvas cirúrgicas (látex), é recomendado que elas sejam umedecidas com soro fisiológico para facilitar a manipulação da cobertura.
  • O tratamento com UrgoTul Ag deve ser feito sob supervisão médica.
  • Uso concomitante com outros tratamentos locais não é recomendado.
  • Evite contato com eletrodos ou géis condutores durante exames de medições de ondas elétricas (por exemplo: Eletroencefalograma e Eletrocardiograma)
  • Na falta de dados clínicos, não é recomendado o uso em grávidas, mulheres em período de amamentação, recém-nascidos e bebês prematuros.
  •  Médicos/Profissionais de saúde devem atentar-se ao fato de que há poucos dados sobre o uso prolongado e repetido de coberturas contendo prata, particularmente em crianças e neonatais.
  • Descartar os pedaços não usados da cobertura.
  • Verifique se o protetor de esterilidade não está violado antes de usar.
  • Cobertura individual, de uso único e estéril; reutilização de um produto de uso único pode levar a riscos de infecção.
  • Não reesterilize a cobertura.

urgotul_ag_silver_10x12Tamanhos disponíveis

  • 10×12 cm
  • 15×15 cm

Este site é um site internacional. Portanto, alguns produtos ou tamanhos pode não estar disponível em alguns países. Para maiores informações, por favor, entre em contato conosco.

Produto

O que é o UrgoTul Ag?

UrgoTul Ag é uma camada de contato antimicrobiano, flexível que possui TLC-Ag, composto por uma malha de poliéster, estéril, não aderente, não oclusivo, impregnado com a Matriz Cicatrizante TLC-Ag (Tecnologia Lipido-Colóide e Sais de Prata).

Como funciona o UrgoTul Ag?

Quando em contato com a o exsudato da lesão, a Matriz Cicatrizante TLC-Ag forma um gel lipido-colóide que mantém o a umidade necessária para promover a cicatrização. Esse gel também garante a não aderência e a remoção do curativo sem dor. Em contato com o exsudato da lesão a partícula do sal se quebra, e o UrgoTul Ag funciona como um reservatório fazendo liberação constante de concentrações bactericidas de íons de prata enquanto em contato com a lesão.

A prata é liberada no leito da lesão para matar a bactéria ou a bactéria é morta em contato com a cobertura?

A Matriz Cicatrizante TLC-Ag contém sulfato de prata, que possui efeito bactericida somente quando entra em contato com o exsudato da lesão, pois a TLC forma um gel e o sulfato de prata se transforma em íons de prata e SO42-. Esses íons de Ag+ ficam no gel lipido-colóide e não são liberados no leito da lesão.

Qual a quantidade de prata necessária para matar patógenos?

Isso varia de acordo com o patógeno. No entanto, a quantidade de prata no gel lipido-colóide é maior do que o necessário para matar 99,99% dos patógenos.
(Estudo in vitro, interno da URGO: 7 dias – 8 bactérias testadas)

A prata entra na corrente sanguínea do paciente?

A Matriz Cicatrizante TLC-Ag contém sulfato de prata, que possui efeito bactericida somente quando entra em contato com o exsudato da lesão TLC-Ag, pois a TLC forma um gel e o sulfato de prata se transforma em íons de prata e SO42-. Esses íons de Ag+ ficam no gel lipido-colóide, e a atividade antibacteriana permanece somente na superfície da lesão, e não é liberada no leito, menos ainda em nível sistêmico.

Cobertura de prata removem o biofilme?

Sim. Coberturas com TLC-Ag provaram sua efetividade contra o biofilme. Através de um estudo in vitro com biofilmes de Staphylococcus aureusPseudomonas aeruginosa. Após um dia de contato com a TLC-Ag, 99,97% e 99,98% do biofilme foi removido respectivamente.

A quantidade de prata nas coberturas com a Matriz Cicatrizante TLC-Ag é baixa, elas são tão efetivas quanto outras coberturas de prata? Preciso trocar com uma frequência maior?

Nas coberturas de TLC-Ag, os íons Ag+ tem um efeito bactericida com uma quantidade de prata suficiente para ser efetiva na maior parte dos patógenos resistentes por até 7 dias (in vitro)

Outras coberturas podem precisar de mais prata para serem mais efetivos, devido a diferença no mecanismo de ação. Eles fazem uma liberação mais rápida da prata e por isso precisam de uma quantidade mais alta para serem efetivos ao longo do tempo. O que pode representar um risco de efetividade reduzida.

A Matriz Cicatrizante TLC-Ag é efetiva contra quais patógenos?

O modo de ação dos íons de prata é efetivo contra uma grande variedade de diferentes patógenos. Os testes feitos em patógenos resistentes provaram a eficácia da TLC-Ag. 

A TLC-Ag demonstrou atividade antibacteriana por até 7 dias em:

  • Methicillin-Resistant Staphylococcus aureus (MRSA)
  • Vancomycin-Resistant Enterococcus faecalis
  • Staphylococcus aureus
  • Pseudomonas aeruginosa
  • Streptococcus pyogenes
  • Escherichia coli
  • Candida albicans

Indicações

Quando devo usar o UrgoTul Ag?

O UrgoTul Ag/Silver é indicado para o tratamento de lesões com risco ou sinais de Infecção local.

Posso usar o UrgoTul Ag durante a faze de desbridamento?

Sim, no entanto, recomendamos o UrgoClean para o tratamento desta fase de desbridamento.

Posso usar o UrgoTul Ag com um gel?

Sim, ele pode ser associado ao hidrogel.

Quais são as contraindicações do UrgoTul Ag?

UrgoTul Ag não deve ser utilizado em casos de sensibilidade a prata. Não usar em pacientes submetidos a exames de Ressonância Magnética.

Há algum evento adverso relatado referente a prata da Matriz Cicatrizante TLC-Ag?

A TLC Ag contém sulfato de prata, que só é ativada quando em Contato com o exsudato da lesão. Esses íons de Ag+ ficam no gel lipido-colóide e não é liberado no leito da lesão, prevenindo contra o argirismo e toxicidade sistêmica.

Posso usar produtos com a Matriz Cicatrizante TLC-Ag em crianças?

Não foi feito nenhum estudo clínico. No entanto, a TLC-Ag foi amplamente utilizada no tratamento de lesões traumáticas e queimaduras em crianças com idade a partir de um ano.

Uso

O UrgoTul Ag pode aderir as luvas de látex. Como posso evitar que isso ocorra?

É recomendado umedecer as luvas com soro fisiológico e usar as abas protetoras para facilitar a aplicação.

Posso usar o UrgoTul Ag com terapia compressiva?

Sim.

Posso cortar o UrgoTul Ag?

Sim.

Como posso fixar o UrgoTul Ag?

Cubra o UrgoTul Ag com uma cobertura secundária adequado ao local e nível de exsudato da lesão. Fixe o curativo com uma bandagem adequada e fita adesiva ou de acordo com o protocolo da instituição.

Por quanto tempo devo manter UrgoTul Ag na lesão?

Um máximo de 4 semanas é o recomendado para uma boa eficácia da TLC-Ag na maior parte dos patógenos. O curativo deve ser trocado a cada 1 a 3 dias (podendo ficar até 7 dias), dependendo do nível de exsudato da lesão.

Posso manter a camada de contato e trocar somente o curativo secundário?

A camada de contato pode ficar por até 7 dias na lesão. Se necessário a cobertura secundária pode ser trocada com mais frequência para controlar o exsudato.

Quando devo parar de usar coberturas de prata e voltar a usar coberturas neutras?

Um máximo de 4 semanas de uso é o recomendado para boa eficácia da TLC-Ag na maior parte dos patógenos.
Se a lesão evoluir bem antes do final de 4 semanas de tratamento, você pode trocar para uma cobertura neutra.

Evidências

Que evidências existem sobre a Matriz Cicatrizante TLC-Ag?

O UrgoTul A é a única cobertura de prata que demonstrou ser efetiva em lesões com sinais de colonização crítica. Um estudo clínico demonstrou que o uso de UrgoTul Ag por 4 semanas seguido de tratamento com uma cobertura neutra (UrgoTul), reduziu o tamanho da lesão mais rapidamente do que usando somente um curativo neutro.

Por que compararam uma cobertura de prata com uma cobertura neutra ao invés de comparar com outra cobertura contendo prata?

A TLC-Ag foi comparada a TLC neutra para mostrar a real efetividade da prata em si.

Urgo_Review_resize_A4_web UrgoReviewTC23Feb_Web  
Evidencias de Apoio baseadas na prática: uma revisão clínica da tecnologia TLC Eficácia de um curativo lipido-colóide com prata em lesões altamente colonizadas: uma ECR republicada  
Download Download  

O papel da liberação de prata de uma camada de Contato lipido-colóide em úlceras venosas apresentando sinais inflamatórios de alta colonização bacteriana: Resultados de um Ensaio Controlado Randomizado

Última atualização : 17/11/2018